Programa Cidadãos Ativ@s lança quatro concursos para apoiar Organizações Não-Governamentais portuguesas

10 de Setembro de 2020
Isabel Ganilho

Em 2017 aquando da candidatura ao concurso promovido pelo Mecanismo Financeiro do Espaço Económico Europeu, a Fundação Calouste Gulbenkian, em consórcio com a Fundação Bissaya Barreto, foi escolhida para gerir em Portugal o Active Citizens Fund, componente dos EEA Grants especificamente destinada a apoiar as Organizações Não Governamentais (ONG).

Assim, foi criado o Programa Cidadãos Ativ@s, financiado pela Islândia, Liechtenstein e Noruega, com uma verba de 11 milhões de euros, a ser implementado ao longo do período 2018-2024, e que se destina a fortalecer a sociedade civil, a reforçar a cidadania ativa e a empoderar os grupos mais vulneráveis.

Este Programa lança, agora, quatro concursos com o intuito de apoiar ONG portuguesas a desenvolver projetos em quatro grandes eixos:
Eixo 1 – Fortalecer a cultura democrática e a consciência cívica
Eixo 2 – Apoiar e defender os Direitos Humanos
Eixo 3 – Empoderar os grupos vulneráveis
Eixo 4 – Reforçar a capacidade e sustentabilidade da sociedade civil

As candidaturas para os concursos estão abertas até ao início do mês de dezembro de 2020.

No próximo dia 18 de setembro realizar-se-á uma sessão de esclarecimento presencial, na Fundação Calouste Gulbenkian em Lisboa, e em formato online.

Mais informação em cidadaos-ativos.pt.