Como funciona?

Conhecer a rede


A Rede Social é composta por:

  • Conselho Local de Ação Social (CLAS)
  • Núcleo Executivo (NE) do CLAS
  • Comissões Sociais de Freguesia (CSF)
  • Sub-redes temáticas e territoriais, plataformas e consórcios

O Conselho Local de Acão Social (CLAS) é constituído por entidades públicas e privadas que formalmente aderiram à Rede Social de Cascais. É presidido pelo Presidente da Câmara Municipal de Cascais e tem como competências:

  • Promover iniciativas que visem uma melhor consciência dos problemas sociais
  • Promover a realização participada do diagnóstico social concelhio, do Plano de Desenvolvimento Social e dos Planos de Ação anuais
  • Fomentar a articulação entre os organismos públicos e entidades privadas, visando uma atuação concertada na prevenção e resolução dos problemas sociais
  • Avocar e deliberar sobre pareceres do Núcleo Executivo relativos à implementação de novas respostas sociais
O CLAS funciona em Plenário, através de um sistema de representatividade, no qual têm assento:
  • As entidades com uma intervenção significativa que abranja mais do que uma freguesia e/ou com acordos de cooperação para diferentes grupos-alvo, sob proposta do Núcleo Executivo
  • Os/As presidentes das Comissões Sociais de Freguesia
  • O/a conselheiro/a local para a igualdade de género
  • Um/a representante de cada uma das estruturas de parceria, sob proposta do Núcleo Executivo
  • 3 Entidades eleitas por cada Comissão Social de Freguesia de entre os membros não incluídos nas alíneas anteriores

O Núcleo Executivo (NE) do CLAS é um órgão de gestão dinamizador da Rede Social, composto por 7 elementos, tendo a representação obrigatória de um elemento da Segurança Social, da Câmara Municipal de Cascais, do Agrupamentos dos Centros de Saúde e de uma entidade sem fins lucrativos eleita entre os seus pares no plenário. Os restantes 3 elementos são eleitos através de lista no Plenário do CLAS por um período de 2 anos.

Atualmente, o Núcleo Executivo é constituído pelos seguintes representantes:
  • Câmara Municipal de Cascais – Isabel Pinto Gonçalves
  • Instituto da Segurança Social – Cecília Dionísio
  • Agrupamento dos Centros de Saúde de Cascais – Ana Paula Sousa Uva
  • ARIA – Associação de Reabilitação e Integração Ajuda – Ricardo Almeida
  • Centro Paroquial do Estoril – Margarida Fangueiro
  • Centro Social e Paroquial de São Domingos de Rana – Ana Ramalheira
  • IEFP – Centro Formação e Reabilitação Profissional de Alcoitão – José Fraga

As Comissões Sociais de Freguesia (CSF) são constituídas por entidades que intervêm no desenvolvimento social da respetiva freguesia. São dinamizadas por um núcleo executivo próprio e presididas pela Junta de Freguesia respetiva.

No concelho de Cascais existem 4 CSF:
  • Comissão Social de Freguesia de Alcabideche
  • Comissão Social de Freguesia de Carcavelos-Parede
  • Comissão Social de Freguesia de Cascais-Estoril
  • Comissão Social de Freguesia de São Domingos de Rana

As sub-redes são conjuntos de organizações que partilham objetivos de intervenção comuns. Podem estar agrupadas em função de temáticas (ex. saúde, deficiência, violência doméstica); de respostas (ex. creches; centros de convívio); de grupos específicos da população (ex. sem-abrigo, imigrantes) ou agrupadas temporariamente para executar programas e projetos (ex. Escolhas; DLBC)

No Concelho de Cascais existem 20 sub-redes e consórcios:
  • Comissão para a Pessoa com Deficiência (CPD)
  • Comissão Proteção Crianças e Jovens (CPCJC)
  • Grupo de Empregabilidade Territorial (GEMTE)
  • Núcleo Local de Inserção (NLI)
  • Plataforma Envelhecer Melhor em Cascais
  • Plataforma Qualificação dos Centros de Convívio e Espaços Sénior
  • Plataforma de Qualificação da Resposta Creche “Crescer Melhor em Cascais”
  • Rede de Intervenção com as Pessoas Sem Abrigo
  • Plataforma de Recursos de Apoio na Privação Material
  • Plataforma Integração e Multiculturalidade de Cascais
  • Plataforma das Casas de Acolhimento de Crianças e Jovens de Cascais
  • Fórum Concelhio para a Promoção da Saúde
  • Fórum Municipal contra a Violência Doméstica
  • Rede de Intervenção da Galiza (RIG)
  • Rede de Intervenção da Torre (RIT)
  • Rede Organizações de Adroana, Cruz Vermelha e Alcoitão (RODA)
  • CLDS – Contrato Local de Desenvolvimento Social
  • DLBC – Desenvolvimento Local de Base Comunitária
  • Orienta.te
  • Take It