Diagnóstico social

Trabalhar em rede

“A coesão social traduz a capacidade de uma sociedade em garantir o bem-estar de todos os seus membros, minimizando as disparidades e evitando a polarização, segundo uma perspetiva de responsabilidade partilhada.”
(Concerted development of social cohesion indicators – Methodological guide, CE, 2005)

A noção de responsabilidade partilhada é a chave do modelo de coesão social do Conselho da Europa no qual se fundamenta o diagnóstico social de Cascais e que propõe um conjunto de dimensões de análise:

  • Análise da situação das pessoas, em particular de grupos mais vulneráveis a situações de exclusão e discriminação
  • Os agentes (organizações, empresas, famílias, cidadãos, etc.) e a ação que desenvolvem em prol da coesão social
  • Os ingredientes básicos da vida em comunidade: os valores, os vínculos, a confiança, os sentimentos, etc.

Este diagnóstico realiza-se no contexto da Rede Social de Cascais, a quem compete promover o desenvolvimento social concelhio, com base em diagnósticos atualizados e através de Planos de Desenvolvimento Social (PDS).

Assente numa dinâmica fortemente participativa, as opções metodológicas  do Diagnóstico Social visaram o cruzamento de vários olhares, numa ótica de responsabilidade partilhada dos diversos atores sócio económicos: autarquias, organizações não-governamentais, serviços públicos, empresas e cidadãos.

Clique nas imagens e tenha acesso a toda a informação sobre o Diagnóstico Social

Nesta publicação encontra um resumo dos dados com os principais indicadores do concelho

Vídeos
Atores Sociais em Ação

Descrição do modelo conceptual que suportou o diagnóstico social de cascais e opções metodológicas de cada um dos quatro estudos desenvolvidos:
1 – Estudo sobre a situação social do Concelho de Cascais
2 – Carta Social
3 – Análise da Rede de Atores
4 – Estudo das perceções dos munícipes sobre bem-estar – Metodologia SPIRAL

Vídeo
Metodologia

Nesta publicação encontra todos os indicadores recolhidos relativos à situação social de Cascais em diversas áreas de vida (rendimento, habitação, saúde, educação, etc.) e relativamente a cinco grupos específicos da população (imigrantes, mulheres, pessoas com deficiência, idosos e crianças/jovens). Sempre que disponíveis, os dados do Concelho são comparados com outros municípios (Oeiras, Sintra, Loures e Almada); posicionados face à Área Metropolitana de Lisboa e ao País e encontram-se desagregados por freguesia. Esta publicação contém ainda os dados demográficos do Concelho.

Vídeos
Desigualdades e Coesão Social
Envelhecimento
Diversidade Cultural
Inclusão e Deficiência
Infância e Juventude

Nesta publicação encontra uma caracterização de todas as organizações (públicas e privadas com e sem fins-lucrativos) que desenvolvem respostas sociais no Concelho, bem como dos equipamentos em que essas respostas são prestadas. O documento contém ainda a caracterização das organizações que fazem parte da Rede Social de Cascais; a avaliação das 22 sub-redes existentes à data da realização do Diagnóstico Social de Cascais (2016) e a avaliação do impacto da intervenção da Rede Social de Cascais, efetuada através de uma amostra de 30 estudos de caso.

Vídeos
Em rede trabalhamos melhor
Sustentabilidade das Organizações
Governo Local e Governança