Organizações consideram muito importante o alargamento da sua base de financiadores

23 de Novembro de 2020
helenabonzinho

Um inquérito realizado recentemente pela Rede Social Cascais em colaboração com o FatorC revela que 97% das organizações considera importante ou muito importante o alargamento da sua base de financiadores. Contudo, este dado contrasta com a capacidade que as organizações têm demonstrado em beneficiar de linhas de financiamento, sobretudo quando estas implicam a elaboração de candidaturas.

Consultando a infografia de apresentação dos resultados do inquérito, verifica-se que o financiamento corrente da atividade das organizações provem essencialmente de apenas de duas fontes.

Os dados deste inquérito vão permitir à Rede Social encontrar soluções mais adequadas às necessidades das organizações nesta matéria. Segundo Teresa Ramos, técnica da CMC, da Divisão de Planeamento e Rede Social, “a angariação de financiamento privado e a diversificação de fontes de financiamento é um dos propósitos do Plano de Iniciativas de Desenvolvimento da Rede Social para os próximos quatro anos, com vista a melhorar a sustentabilidade financeira das organizações sociais do concelho”.

A Rede Social em Cascais tem acompanhado a mobilização das organizações para apresentação de candidaturas e, perante a fraca adesão que algumas oportunidades de financiamento despertam, procurou conhecer melhor os constrangimentos que se colocam às organizações quando necessitam de elaborar projetos e sujeitá-los à apreciação de entidades financiadoras.

As principais dificuldades estão associadas à falta de tempo que as equipa dispõem para elaborar candidaturas, ao desconhecimento de entidades que concedem suporteespecializado e à pouca experiência no desenho de projetos. Os dados mostram que ¼ das organizações não submeteu qualquer candidatura em 2019 e que das que apresentaram, 55% tem uma taxa de aprovação baixa ou nula.

Para inverter esta tendência, o inquérito mostra que as organizações consideram muito importante a existência de um serviço customizado de identificação de oportunidades de financiamento, a formação das equipas para elaborarem candidaturas e o acesso a informação sobre entidades que prestam suporte técnico especializado à definição de estratégias de sustentabilidade.

Saber mais sobre o ecossistema das organizações em Cascais